A importância dos momentos de filho único

O meu filho mais velho é o que mais se reclama por falta de atenção... No outro dia até me dizia, para grande dor de alma minha, que eu estava sempre a usar a frase "já vou"... Mas de facto é verdade que eu sou uma e eles são três e que dois deles são ainda pequenos, claro que ele também é, mas tem dois abaixo dele... Por isso, decidi que ele precisava de alguma exclusividade. De vez em quando faço-lhe isto e é muito bom. Para ele e para mim, que me consolo com os mimos e a atenção dele. Tirei esta semana de férias, mas combinámos que só íamos embora a meio da semana, e que estes primeiros dois dias eram para mim e para ele... Fomos às compras, que ele é um vaidoso, e já gosta de ter voto na matéria, fomos almoçar fora, conversámos, estendemos roupa juntos, fomos visitar o meu afilhado pequenino... No resto do tempo jogou Playstation, feliz e contente, por não ter irmãos a atrapalhar a concentração... Eu fui ao ginásio, pintar as unhas, cortar o cabelo... Coisas pequenas, maswque são importantes... Amanhã a manhã já vai ser repartida com o irmão, que já não vai à escolinha para irmos cortar o cabelo e almoçar fora! Programa de mãe e filhos rapazes! Depois faço as malas desta gente toda, agarramos na princesa e temos uns dias de férias em família... a banhos, a Sul! Eu achava que nestes dois dias ainda conseguia arrumar alguma papelada, acabar os álbuns digitais e organizar algumas coisas, mas o tempo voa... Simplesmente voa! 

Comentários