Este mais velho tem cada uma!

Ontem à mesa, o meu maridão olha para o pastelão do nosso filho mais velho, que continuava a olhar para o prato com o jantar, depois de todos termos acabado à séculos (eu já estava a deitar os mais pequenos) e diz: Deus me dê paciência para aturar este meu filho... E responde ele, num tom meio confidente: oh, pai! Não acredites nisso. Deus é só uma lenda para fazer com que as pessoas como a avó vão à missa e lhes dêem dinheiro! E depois ainda acrescenta! É como a Fada dos Dentes e o Pai Natal. Não existem! São lendas. Não sei de onde lhe vêm estes raciocínios, mas ele não é nada religioso. É baptizado, baptizámos os irmãos, nós somos católicos... Eu desconfio que é por causa da minha mãe, que é muito muito religiosa, um bocado chata com esse assunto, confesso, e que às vezes o massacra com as questões da religião... Até porque no outro dia ele disse-me: a avó acha que sabe tudo porque anda sempre na missa, mas não sabe! Tenho vontade de o colocar na Catequese, provavelmente para o ano, quando entrar nos escuteiros porque ele tem tantas questões sobre Deus e a religião que acho que seria muito interessante ouvir quem sabe, mas já com algum sentido crítico... É que se há coisa que este meu filho tem, desde muito pequeno e ele só tem 6 anos, é que ele questiona sempre muito, tem sentido crítico e não acredita em nada só porque lhe dizemos que é assim. E isso é muito bom.

Comentários