1 de junho de 2015

Se dei um presente pelo Dia da Criança?

Sim, dei. Não foi um presente, foi mais um mimo. O mais velho recebeu uma t-shirt do Capitão América, que eu lhe iria dar de qualquer maneira, porque assim que a vi na Zippy soube que a tinha de comprar, mas guardei-a para hoje e o mais pequeno recebeu um livro para lermos ao deitar, mas não percebeu nada. Já o mais velho, estava super entusiasmado e nem fazia ideia que hoje na escola o dia é totalmente dedicado à brincadeira, com muitas surpresas. E ao fim do dia vou com eles aos carrosséis e aos trampolins! Claro que o dia da Criança é todos os dias, mas este tem um sabor ainda mais especial. Enquanto dava o presente ao mais velho expliquei-lhe a importância deste dia. E que o Dia da Criança existia para lembrar todas as pessoas para os direitos que todas as crianças merecem respeito, uma boa educação, uma família que as ame e cuide delas, amor, segurança, alimentação, cuidados médicos adequados, viver em paz… E, mais uma vez, recordei-lhe da sorte que ele, o mano, os primos, os amigos e todos os meninos que eles conhecem têm por terem aquilo que, infelizmente, nem todas as crianças têm mas merecem ter.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!