8 de abril de 2014

Resumo da (re-)adaptação da primeira semana de creche

Faz hoje uma semana que o meu bombocas regressou à creche. Entrou para a creche em Setembro, poucos dias antes de completar 5 meses, e na altura correu lindamente. Ficava bem. Ia sorridente para o colo da educadora ou das auxiliares e passava muito bem o dia. A partir de Novembro, e por estar sempre doente, já passava mais tempo em casa comigo do que na creche. Em Janeiro saiu da creche e só voltou na semana passada, dia 1 de Abril. 

Quando íamos buscar o mano e visitámos o berçário ele sorria e ia lá para dentro de bom grado, mas tudo mudou desde que voltou para lá.

E é bem verdade que quando eles são pequeninos é mais fácil. A adaptação à creche custa-lhes menos. 

Quando foi em Setembro nunca chorava quando o entregava, agora faz caretas, agarra-se a mim e chora... Chora tanto que até entra em apneia. E eu fico com o coração aos pedaços. Durante o dia chama mamã e aponta para a porta. Fica feliz quando vê o irmão, mas quando o mano vai embora ainda é pior. Hoje a educadora disse que ele já passa melhor o dia e comprou-o à chegada com uma Bolacha Maria. Come muito bem e lá vai dormindo as sestas, com algum mimo à mistura. 

Por causa da nossa nova rotina e do meu horário de trabalho o Afonso toma banho mais tarde, janta mais tarde e vai dormir às 8 e pouco, de modo a eu estar também um bocadinho com ele. (Quando estava em casa comigo deitava-se às 19h/ 19h30) Está exausto e quando lhe pego ao colo para o colocar na cama, aninha-se logo na fraldinha ao meu pescoço. (Tão bom!) Quando o deito, enrosca-se na fralda e adormece até de manhã.

1 comentário:

  1. Por volta do 1 anos é a faze em que estranham mais.
    mais novinhos não estranhas (quase) nada e depois mais tarde já gostam muito da creche.
    Vai ser uma fase de adaptação, depois passa.
    Mas percebo a tua dor. Custa muito deixá-los a chorar ou contrariados...
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!