9 de novembro de 2017

Já valeu para alguma coisa ter o blog!

No outro dia tropecei no livro de bebé da minha filha Francisca, a terceira pela ordem de nascimento... e reparei que estava quase, quase, quase em branco... Não tinha as fotografias que devia, não tinha as legendas, não estava preenchido com as datas das primeiras conquistas e gracinhas... Nada! Deu-me um aperto no coração. Daqueles bem fortes. E pus-me a puxar pela cabeça... Então quando é que ela comeu a primeira papa? E o primeiro dente? E é impressionante como tudo se esfuma da nossa memória... São momentos tão importantes, vividos tão intensamente, mas perdem-se os pormenores, as datas, as primeiras vezes... Então atirei-me ao blog na esperança de encontrar nos meus posts as minhas respostas. E o livro do bebé começou a ganhar vida, deixou de estar em branco... Tem lacunas irreparáveis (quando é que ela disse mamã pela primeira vez? Ou papá???... Nunca saberemos...), mas graças ao blog recuperei momentos e situações, e datas concretas... Depois saltei para o disco externo onde guardamos as fotografias e comecei a viajar pelo ano de 2016... e seleccionei todas aquelas que têm lugar próprio no livro... E agora tenho uma pilha de 100 fotografias para colar... E a certeza que todos os meus 3 filhos têm o seu livro de bebé com algumas das datas, acontecimentos e fotos mais marcantes do primeiro ano de vida! 

1 comentário:

  1. Há quem escreva blogs mesmo com esse propósito. Ainda bem que recuperaste muitas coisas.

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!