14 de novembro de 2017

Filho crescido do meu coração

O meu filho mais velho vem da escola a contar que a professora amanhã não faz greve. "Ela disse que se fizer greve recebe menos e faz-lhe falta." E depois conclui: como não dá aulas não lhe pagam. E ela prefere ir trabalhar e dar-nos a ficha que já estava marcada. Está tão grande e crecido este meu filho franzino... Já percebe tanta coisa, quer saber mais, sempre curioso, interessado... Agora anda  preocupado com a seca, a falta de água, as teorias de Portugal caminhar para um deserto... Como os fogos atingiram a nossa quinta, o espaço mais sagrado que eles têm, o espaço onde se sentem mais livres, ele está muito sensível a esta questão dos incêndios e da falta de água na zona de Viseu... E é bom conversar com ele, explicar-lhe as coisas de forma a que ele entenda... É um miúdo mesmo especial, este meu filho magricelas...


Que hoje me perguntava se a água das piscinas onde ele nada não fazia falta por causa da seca... e eu expliquei que há várias zonas do país em  que as piscinas municipais estão fechadas, precisamente por causa da falta de água. Mas que a dele e do irmão, por enquanto, continua a funcionar. E ele lá vai  evoluindo na técnica... 

2 comentários:

  1. Boa noite. Ainda bem que ele vai entendendo. Devemos explicar-lhes todas as realidades da vida. Este ano ninguém fico indiferente aos acontecimentos até as crianças, Gostei...

    Bjos Noite feliz.
    https://brincandocomaspalavrass.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Os filhos são SEMPRE os grandes amores das nossas vidas. Nunca "crescem", lool
    .
    Deixo cumprimentos

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!