3 de setembro de 2013

Sensibilidade de um filho de 3 anos

Hoje o marido e o filho mais velho foram cortar o cabelo. Foram juntos no Smart. E conta o pai... pai: ia um carro a pisar ovos à minha frente. Eu refilei e ultrapassei. Olhei, vi que era um velhote e disse: era um senhor velhinho. E o meu filho responde assim: tens de ter paciência com os velhinhos, pai. Eles já não têm muitas forças. E o meu marido comoveu-se... E disse que ele tinha razão e que estava muito orgulhoso do pensamento dele.

Ele viu o meu querido avô (que faria amanhã 90 anos) adoecer e morrer no início do ano e esteve 2 semanas com a avó paterna que está velhota e doente e já não anda sem a cadeira de rodas. Tem a sorte de ainda ter a bivó com quase 91 anos, mas que continua (e Deus a conserve assim) óptima, cheia de energia e linda, mas a quem as rugas e os cabelos todos brancos fazem o meu filho perceber que a bivó é velhinha...

E desde que viu pela primeira vez o filme Up - Altamente, que a temática da morte está presente nos pensamentos dele. Foi o filme que até hoje mais o marcou. Adora vê-lo, mas fica triste. E no outro dia, quando o fui deitar, até me disse que agora já não queria ver mais o filme do senhor velhinho.




3 comentários:

  1. Quando vimos esse filme estava grávida do 3º e o mais velho ficou muito impressionado e perguntou-me se as mães grávidas podiam morrer...Foi das perguntas mais difíceis que me fez! - Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandra. Por causa deste filme também já tive perguntas muito difíceis... daquelas que nos deixam com um nó na garganta e nos deixam também a nós a pensar na vida e na morte. Bjs

      Eliminar
  2. este filme ensina-nos mais do que pensamos ... uma lição.

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!