7 de setembro de 2013

O meu "futelista"

Às 8 e meia da manhã já estava com o equipamento do Benfica vestido e cheio de vontade de ir "marcar golos". Eu, o pai e o mano acompanhámo-lo neste dia tão importante para ele. Adorou. Correu muito bem e fez tudo o que o treinador mandou. Quando marcou uns golos olhou para nós, para festejar. E no final, a turminha toda, em fila a receber aplausos dos pais super babados que assistiam na bancada. Só foi pena não ter levado chapéu. Não me ouvem e ainda fui gozada pelo meu marido: "já viste algum jogador de chapéu? Não dá jeito! Atrapalha!". Claro que havia imensos meninos, provavelmente equipados pelas mães, com chapéu na cabeça. E para a semana o meu também vai de chapéu. É que à pala do sol voltou a ter febre, claro!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!