2 de setembro de 2013

A inocência dos 3 anos

Hoje no Portugal dos Pequenitos havia fontes e pequenos lagos com moedas lá dentro. Claro que o meu filho mais velho quis saber a razão e adorou a ideia de atirar uma moeda e pedir um desejo. Lá lhe dei uma moeda e, ele, muito compenetrado, chegou junto à água, atirou a moeda e disse em voz alta: um skate! E ali ficou uns segundos. Depois, olha-nos desconfiado: não apareceu nenhum skate!! Lá lhe explicámos que não funciona assim. Não se atira uma moeda e salta de lá um skate. Ele pediu e agora tem de esperar... Quero mais uma moeda, vou pedir um beyblade!!! 

2 comentários:

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!