"INVESTIGADOR DEFENDE MAIS TEMPO EM FAMÍLIA DO QUE NA ESCOLA"

Concordei com tudo o que li neste artigo. Cliquem no link e leiam a opinião do  investigador Carlos Neto, que defendeu esta sexta-feira que as crianças já passam muito tempo na escola e que o importante é discutir um novo modelo de trabalho dos pais.: As atividades extracurriculares, frisou, “não compensam o facto de não se subir a uma árvore ou a um muro, de andar de bicicleta ou de patins”.

Comentários