A maternidade tem desfeito muitos dos clichés que eu tinha da maternidade...

Antes de ser mãe tinha a ideia de que as meninas eram mais vaidosas que os rapazes, que os rapazes não ligavam a roupa, a penteados... Estava tão enganada. Como em tudo, deverá haver rapazes que ligam e outros que não ligam. O meu mais velho, com 7 anos acabados de fazer, é dos que liga. É chato com a roupa... que incomoda, que não gosta, que pica... é vaidoso e desde o Europeu que ficou com um gosto ao estilo futebolista, o que não me mata mas mói todos os dias... Ontem quando o pai lhe rapava o cabelo queria que o pai lhe fizesse linhas no cabelo, como um qualquer cromo da bola! E depois veio refilar comigo que se não fosse eu, que sou muito chata, o pai tinha feito as tais riscas... O meu marido é muito mais liberal, muito mais descontraído... não liga tanto às roupas como eu e acha que eles têm de se poder exprimir, também pela forma como se vestem. Eu na teoria acho que sim, que não devemos ser castradores, mas também me custa ver o meu filho vestido sei lá como... ele diz que é o estilo dele e que as miúdas gostam. E que já sabe que eu não gosto, mas que ele gosta. Tem 7 anos. E eu temo o pior na adolescência. E ainda sou eu que compro a roupa, mas depois ele baralha, mistura, deixa de lado camisas e pólos... e vai com o pai comprar ténis que eu detesto. E o resultado é tão diferente do que eu escolheria... Ainda bem que me vinguei em bebé com todas as golas, folhos, toucas e fofos que consegui... Será por isso?!! O do meio já refila para fazer coro com o irmão... Resta-me a minha Francisca, cheia de vestidos, golinhas, toucas e lacinhos... E eu que sempre gostei de ter os filhos em pandant, saiu-me o tiro pela culatra... É a vida!!

Comentários

  1. As mães de meninos sofrem todas do mesmo mal.
    Eu baixei as minhas espectativas aí pelos 6/7 anos e tenho deixado correr. Hoje tem 10 acabados de fazer e já começa a ter "mais estilo" a vestir... e mais cuidado com o cabelo e o aspecto no geral.
    Acho que não vale a pena "comprar" guerras por causa da roupa. Na realidade são eles que as vão usar... Basta fazermos um pequeno exercicio de memória e ir buscar alguma situação em que usamos ropupas em crianças que eram o oposto do desejado por nós e lembrar da frustração que era...

    ResponderEliminar
  2. Desde que andem limpos e de acordo com a estação do ano, não me interessa!!! Podem vestir bolas com riscas que não vou chatear. Não gosto de golas e fofos e não acho práticos para as brincadeiras ou para vestir e despir mas isso são gostos meus pessoais. Eu acho que eles se devem sentir acima de tudo confortáveis e mostrar que se sabem exprimir. Se ele gosta de ténis e mete de lado polos por exemplo , há-de ser um miúdo activo saudável e que gosta de estar confortável para correr e brincar. Eu acho que até se deve agradecer por isso . Um beijinho grande

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!