21 de setembro de 2017

A minha estação do ano preferida está quase, quase a terminar...


Eu adoro o Verão. E este foi um Verão mesmo bom. Os meus filhos foram tão felizes durante as férias grandes, durante os dias que passámos na praia! E isso é tão bom, dar-lhes boas memórias, bons momentos em família, no sítio do costume, com os primos e os amigos de verão, o Tiago das Bolas de Berlim... a banhos até à hora de jantar, a jantar tarde e na varanda, a deitar tardíssimo e exaustos, mas felizes da praia, dos mergulhos, dos carrosséis, de jogar à bola na pracinha pela noite fora... Foram as únicas semanas em que a Francisca dormiu as noites inteiras, sem acordar. E isso valeu ouro. Neste verão, também descobrimos as praias de Sagres e vimos os nossos filhos serem felizes com o primo preferido. A Francisca deliciou-se com ameijoas e percebes. Eu gostei da imagem que este ano aparecia no bikini! Dei bons mergulhos e bebi imperiais bem geladas.  E daiquiris de morango! Brinquei com os meus filhos no mar, encantei-me com eles, beijoquei aquelas caras salgadas, enterneci-me com a Kika, cada dia mais crescida e mais fofa! Aproveitámos os fins de tarde, quando regressámos a Lisboa, naquele fim de verão início de rotinas, em que os dias ainda correm a um ritmo mais lento e solarengo. Em que as bicicletas, skates e patins ainda fazem parte do dia a dia. Li bastante e mantive-me na linha da dieta, cometendo algumas facadinhas, mas sem excessos. Namorei alguma coisa, mas menos do que gostávamos... Os nossos filhos estiveram 4 dias sem nós, com a tia no Alentejo, e a Kika encontrou no mano mais velho o colo que precisava... Lambuzámo-nos com fruta de verão, saladas coloridas e tostas boas ao final do dia. Foi um verão mesmo, mesmo bom! Ontem, o Afonso dizia que não queria que o Verão acabasse, mas faz parte, expliquei-lhe, é o ciclo das estações do ano... Para o ano, haverá mais! Com eles ainda mais crescidos e a viverem novas aventuras e novas descobertas!! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!