14 de junho de 2017

Um nó na garganta

Que notícia tão triste ao acordar. Há muitos mortos. E há crianças, crianças portuguesas feridas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!