6 de junho de 2017

O quarto da Francisca

Estamos a tratar do quarto da Francisca, que até agora ainda dorme no quarto dos irmãos, e estamos muito inclinados a fazer um quarto baseado no estilo Montessori. Um quarto montessoriano é organizado tendo em conta a perspectiva do bebé, ou seja, os móveis, brinquedos e decoração têm de estar ao seu nível, para que a criança se torne autónoma e, assim, se movimente livremente no seu espaço, explorando e organizando todas as suas coisas. quarto montessoriano vem do método Montessori, criado em 1907 por Maria Montessori, uma pedagoga que renovou o ensino, e que foi também a primeira mulher a licenciar-se em medicina, em Itália. Montessori defendia e incentivava a criação de um ambiente de aprendizagem mais criativo e mais adequado às limitações físicas das crianças.

Há alguns princípios para a criação do quarto montessoriano:


1. A cama está sempre no chão
O berço é um limitador de movimento, logo é substituído por um colchão no chão ou uma cama baixa, para que a criança tenha mais independência para se levantar e se deitar. Ao lado do colchão, pode-se colocar um elemento que além de amortecer uma possível queda, proporcionará estímulos sensoriais diferentes: tapetes, almofadas, puffs...


 

2.Tudo ao nível dos mais pequenos
Os  brinquedos, livros, jogos e fotos das crianças devem ficar ao alcance das próprias, organizados em prateleiras baixas. Toda a decoração deverá, também, ser colocada ao nível dos olhos da criança.



3. Decoração Minimalista
Mobilar apenas com mobiliário essencial para que a criança possa explorar tudo o que tem no quarto. Para que essa exploração possa ser feita de forma segura, é bom abusar de materiais que proporcionem segurança aos pequenos, como tapetes de borracha, ou felpudos. Evitar acumular muitos brinquedos e evitar guardá-los em caixas, gavetas ou roupeiros sem que estejam sempre disponíveis. O ideal é ter brinquedos sempre à vista, para que a criança sinta vontade de brincar e possa escolher com o que brincar. Pode criar um sistema rotativo, em que tem meia dúzia de brinquedos à vista, e depois troca, para que a criança não se farte.


4. Tudo à escala da criança
Todo o quarto deve ser proporcional à criança. É uma questão de escala: para que as coisas estejam ao alcança da criança, também os móveis devem ser mais pequenos, as mesas baixas, as cadeiras apropriadas a crianças.



5. Proporcionar estímulos
Espelhos
Música


* imagens retiradas da Internet

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!