14 de fevereiro de 2016

Os meus filmes da maternidade

Sempre adorei ver filmes. Eu e o meu marido adorávamos ir ao cinema e em casa víamos o que não tínhamos visto. Depois começámos também a ver séries, quando elas surgiram com força. Lembro-me do Prison Break e do Lost. Depois nasceu o nosso filho mais velho. Já não acabámos o Lost. Depois nasceu o segundo filho e já não conseguíamos ver um filme seguido, à noite, no sofá sem adormecer. Mas víamos séries. São mais curtas e ainda dava para manter os olhos abertos. Com a gravidez da Francisca comecei a ter mais sono à noite. Depois de trabalhar, tratar do jantar e dos miúdos sentava-me no sofá e o melhor que conseguia era o Masterchef Austrália. De há um mês para cá, desde que a princesa nasceu, nem o Masterchef consigo ver até ao fim. Adormeço sempre na sala com a Francisca ao colo depois de ela ter mamado. Acordo no fim do programa, trago-a para dentro, deito-a no berço, ferrada no sono, e ela acorda. Bolsa, mal a deito de barriga para cima. Quer mamar outra vez, tem de arrotar, bolsa, mama mais... E só quando a deito no peito adormece... O berço e, acima de tudo a posição de barriga para cima, incomoda-a. E aqui estou, navegando para não adormecer com ela na cama, enquanto ela dorme o sono dos anjos... Vou experimentar agora pô-lá no berço antes que sejam novamente horas de mamar... Vamos ver se ela se aguenta!! 

1 comentário:

  1. Eu coloco sempre de lado com um rolo/almofada nas costas para não se virar.
    Também nunca mais vi nada até ao fim, hehehe. Beijinho

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!