11 de julho de 2013

O cartão do cidadão e os bebés

O mais velho fez o cartão do cidadão já com 6 meses (nunca mais me vou esquecer, pois foi das últimas vezes que estive com o meu pai e foi ele que fez macacadas para o meu filho manter os olhos abertos), mas o baby ainda não tem 3 meses e já tem o seu cartão porque precisava de número de contribuinte para a creche. Se vissem a cena que foi! Ele que nem chora estava rabugento porque estavam 40 graus em Lisboa e ele queria dormir e nós precisávamos que ele tivesse os olhos abertos. Podia pegar-lhe, mas ao longe que eu não podia aparecer, mas o meu filho ainda não se endireita sozinho muito bem. Ele que nem gosta de chucha queria a chucha, mas a chucha não pode aparecer na fotografia. Estávamos os dois sozinhos e todas as senhoras da repartição a querer ajudar, mas só o enervavam mais. Quando conseguimos que não chorasse e que tivesse os olhos abertos o sistema rejeitou a foto. Toca a repetir tudo. Eu já estava doida da vida com todas as senhoras funcionárias a querer pegar porque sabiam um truque... Finalmente lá conseguimos uma foto! Está maravilhoso o meu pikachu de cabelos em pé, mas foi uma epopeia!

2 comentários:

  1. Olá...quando a minha Leonor nasceu, também precisamos do número de contribuinte, mas a senhora da seg. social foi muito simpática e disse-nos que não precisava de fazer já o cartão do cidadão, bastava ir à repartição de finanças e pedir o contribuinte. Assim fizemos, e quando ela for mais velhinha tratamos do cartão do cidadão. Espero que seja para viajar....
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim disseram-me que tinha de fazer o cartão de cidadão, mas há bocado falava com uma amiga que me disse o mesmo! Agora já está!! Pode ser que o utilizemos para viajar! Bjs e obrigada pela partilha

      Eliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!