12 de dezembro de 2012

Ritual dos sonhos

Eu e o meu filho começámos uma brincadeira que já se tornou num ritual. No momento de dormir, depois da história da noite, sento-me ao pé dele ou ajoelho-me junto à cama com ele a pedir "mãe, fica aqui mais um bocadinho". E ali ficamos no mimo, como ele diz. Beijinhos para cá e para lá e a certa altura falamos dos sonhos dele para essa noite. Eu pergunto sobre o que é que ele quer sonhar. Onde é que vai viajar nessa noite? E com quem? Que primos ou amigos o vão acompanhar nessa viagem? E ele fica entusiasmado e começamos a planear a "viagem" dele pelo mundo dos sonhos. Hoje ia para a praia com o Ruca, a Rosita e os pais do Ruca (estivemos a ler "O Ruca vai à praia"), mas depois eu ia lá ter. Comprávamos bolas de Berlim e eu levava Bongos para o lanche. E até a Rosita tinha direito a Bongo "porque é a fngir"! Dei-lhe um grande beijo. Pedi ao pai do Ruca para esperar pelo Alexandre. O meu filho riu-se, "entrou", eu desejei boa viagem e saí do quarto. E ele ficou a sonhar... Muitas vezes "viaja" até ao reino de algodão doce com os primos, com as casinhas feitas com guloseimas, smarties por todo o lado, Bongo a sair nas torneiras ou "vai" até a reino do Peter Pan ou "viaja" até Monte Gordo para brincar com os amigos das férias, que ainda não esqueceu! Acho fundamental brincarmos ao faz de conta. Criarmos mundos imaginários. Estimular a criatividade. E na hora de dormir é uma maneira fantástica e muito cúmplice de dar as boas noites... 

1 comentário:

  1. E afinal de contas quem não gosta de viver no mundo infantil?...:) Adoro!! E adorei esse ritual!;) Mais uma vez a imaginação com asas sem limites!;)
    Um beijinho de boa noite!:)

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!