6 de dezembro de 2012

Cuidado com o que se diz às crianças

Ao deixar o filhote na creche despedi-me com muitos beijos e um até logo. A mãe vem-te buscar. Uma reunião que se prolongou e um trânsito infernal obrigaram-me a pegar no telemóvel para pedir à minha mãe que o fosse buscar. Quando cheguei a casa da minha mãe o meu filho correu para mim e disse: mãe, estava a chorar por ti... e isto com o ar mais infeliz do mundo e ainda a tentar puxar uma lágrima e de seguida ouço a minha mãe: Não lhe digas que o vais buscar. Se fores apareces de surpresa e ele fica feliz! É que nem imaginas a cena que foi quando o fui buscar. Gritava, esperneava e dizia que não me queria. Que ia esperar pela mãe que o ia buscar. Não foi fácil sairem da escola e percorrerem aqueles minutos a pé debaixo de chuva com o meu filho aos gritos. Mais tarde, quando o pai se juntou a nós para virmos para casa ele disse logo: pai, hoje zanguei muito a avó. Fiz uma birra muito grande. Até me deitei no chão... E a mãe ficou com remorsos pelo desgosto duplo causado ao filho e à avó...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!