31 de dezembro de 2012

Desafios 2013

Além de aceitar este novo desafio da Mum... (se eu conseguisse sempre cumprir todos os desafios a que me proponho era muito melhor mãe) peço mesmo mais PACIÊNCIA para este novo ano. Ontem zanguei-me com o meu filho, gritei. Ele tapou os ouvidos e disse que não gostava que eu falasse alto e eu disse que não gostava que ele se portasse mal. Fiquei a sentir-me mal por nos termos zangado, por eu não ter sido a mãe que quero ser. Devia ter parado (a cena foi à noite para lavar os dentes. Ele estava cansado vindo de uma festa), devia ter trocado com o meu marido, devia ter tido mais calma e não devia ter perdido a calma. Todas nós sabemos o que nos custa perder a cabeça e levantar a voz. Os remorsos. A tristeza de não sermos melhores. De não sermos as mães que os nossos filhos merecem. Por isso, para 2013 quero ser mais paciente. Sei que em 2012 melhorei bastante como mãe. Aprendi a respirar fundo. Aprendi a dar a volta às situações, e aprendi muitas coisas com a Mum, mas nem sempre as consigo pôr em prática a parentalidade positiva e isso deixa-me triste. Por isso, neste dia quero pensar no novo ano e desejar que vou ser a mãe que desejo ser. Para o meu filho mais querido, quase a fazer 3 anos, e para o que cresce dentro da minha barriga e que me dá os seus pontapésinhos de amor!
não dispenso a minha agenda em papel!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!