29 de dezembro de 2012

Maldita Virosa

Ontem a febre do meu filho teimava em não baixar. Começou com Ben-U-Ron às 8 da manhã e fomos alternado com Brufen e a febre ia até aos 38.8º e voltava a subir e a passar dos 39º. O miúdo fervia em febre, estava apático e eu levei-o ao centro de saúde para ser visto pelo médico de família. Mais uma vez, presto aqui a minha simpatia pela USF do Dafundo pela maneira como sempre nos atendem mesmo à última da hora. Nada nos ouvidos nem na garganta e o diagnóstico de uma virose. Continuar com o Ben-U-Ron e o Brufene dar Aerius antes de dormir por causa do nariz ranhoso. Deitei-o a arder em febre e ele chamava por mim logo de seguida. Resolvi deitar-me com ele. Acordei toda torta à uma da manhã para lhe dar mais xarope. Continuava com 39º de febre. Estava muito queixoso, cheio de tosse e a pedir mimo. Queria a minha mão. Optei por levá-lo para a nossa cama, que eu não podia dormir a noite toda na cama dele. Apesar de ter um somier de adulto já estávamos muito apertados com a minha barrigona. Dormimos de mão dada até às 07 quando ele começou a pedir canja. Lá viemos para baixo. Eu e o pai a dormir em pé. Ele já não tinha febre, mas comeu duas colheres de canja e não quis mais. Voltámos para a cama e dormimos até às 11 da manhã. Acordou com energia e sem febre. Parece que demos cabo do bicho. Ontem parecia que eu tinha apanhado a virose, mas também acordei bem. Esperemos assim continuar...

2 comentários:

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!