14 de dezembro de 2017

Programa de saúde oral escolar

Não sei bem qual é o nome deste programa de saúde oral escolar, mas merece uma boa crítica. Eu tinha ido há uns meses colocar uns selantes nos dentes do meu filho de 7 anos e tinha consulta para a semana para colocar nos outros, que é suposto fazer nesta fase. Entretanto, veio da escola um papel do centro de saúde para ir com o meu filho à consulta de saúde oral colocar os selantes em falta. A higienista do centro de saúde foi ver todos os meninos do 2º ano e avaliou a dentição deles e depois chamou-os para uma consulta. O meu filho não tinha cáries, mas faltava-lhe fazer os restantes selantes, pelo que lá fomos. Atendimento 5 estrelas no centro de saúde. Data e hora marcada e atendimento super pontual e simpático. É fantástico este tipo de programas porque permite a muitas crianças ter acesso a determinados tratamentos, neste caso concreto de protecção contra as cáries, que de outra forma não teriam. E a mim também me soube bastante bem poupar o dinheiro que iria gastar na consulta da próxima semana. As pessoas gostam de dizer mal e criticar tudo o que é estado, mas eu termos de educação do meu filho, pelo segundo ano numa escola pública, e do serviço de saúde prestado quer nos centros de saúde quer nas urgências pediátricas públicas a que tenho ido só tenho a dizer bem. E não é porque qualquer coisa me serve, sou bastante exigente, mas ou tenho tido muita sorte ou acredito que estamos cada vez mais bem servidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!