14 de dezembro de 2017

Diálogos de mãe e filho de 7 anos...

A filha dos meus amigos piorou muito, já não há nada a fazer e já estão em cuidados paliativos, numa fase de grande agonia, e eu falava com o meu filho mais velho sobre a importância da vida, de darmos valor às pequenas coisas, não discutirmos por coisas sem insignificância... e a certa altura disse-lhe que a ida passava muito depressa e ele olhou para mim como se eu estivesse louca: estás a gozar?! Depressa! Passa tão devagar... É tão grande a vida... (e eu aqui percebi que, de facto, só para os adultos a vida passa depressa, porque remos consciência do fim, de que não somos eternos e que de facto os anos voam...) e depois eu disse ainda: infelizmente nem toda a gente vive uma vida longa, há quem morra cedo... E diz ele: Tu já não corres o risco de morrer nova! Já tens 39 anos!! E para mim, hoje em dia, morrer antes dos 70 é morrer super novo!! Deve ser mesmo porque estou a ficar velha!!!!

1 comentário:

  1. Agora fiquei mesmo perturbada, que noticia tão triste!
    A noção da idade para eles é bem diferente da nossa sim,quando lhes digo que tenho 40 anos, elas dizem logo - xiii que velha!

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!