1 de outubro de 2014

Noite mal dormida

Exausta, ontem deitei-me cedo, muito cedo. Envolvi-me na leitura e estive a ler. Só apaguei a luz já perto das 11. Precisava de uma boa noite de sono. De dormir muitas horas. Mas às 3 da manhã o pequeno acorda aos gritos. Primeiro foi o pai, depois fui eu, depois foi o pai, depois veio para a nossa cama, depois o pai levou-o outra vez para a cama dele, depois fui lá eu, depois o pai, depois eu... E vi o dia a nascer. Ao início pensámos que era fome. Bebeu um biberão de leite, mas não ficou. Chorava. Não tinha febre, mas como tem um dente molar a nascer, uma verdadeira cratera, demos-lhe um ben-u-ron, mas nada funcionou. Adormecia e passado uns minutos acordava aos gritos. Podem ter sido pesadelos. Não sabemos. Só sabemos que foi uma noite difícil, para nós e para ele. Quando o deixei na escola avisei a educadora para ela estar atenta. Esperemos que passe bem o dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!