22 de fevereiro de 2018

Endometriose

Acabei de ler este artigo. Já se começa a falar um pouco mais sobre esta doença, que me afecta desde que comecei a ter o período. Tinha tantas, mas tantas dores e lembro-me da minha mãe dizer que fazia parte... Depois de uma crise tão grande de dores, nem conseguia andar, fiz uma ecografia. Tinha 19 anos. Ao contrário da maioria das mulheres eu fui logo diagnosticada e operada(uma tia minha que é médica tem a mesma doença e encaminhou-me logo para um colega ginecologista e cirurgião). Foi a primeira de duas cirurgias que já fiz até ao momento por causa da doença. Tive dificuldades em engravidar, tive 3 abortos, mas graças a Deus consegui ter três filhos maravilhosos. Infelizmente, muitas mulheres que sofrem com esta doença nunca conseguem concretizar o sonho de ser mães. Tenho a doença e a dor controladas, com a toma de pílula contínua, mas sou vigiada de perto e faço exames anuais porque esta doença não tem cura e, volta não volta, aparece. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!