Os meus rapazes tiram-me do sério!

Eles brincam, bulham, batem-se, magoam-se, abraçam-se, amam-se, odeiam-se, riem, choram... E eu zango-me com eles, muito mais do que eu gostaria, muito mais do que idealizei e desejei... Nem sempre consigo ser justa e imparcial e dou por mim a pensar que seria muito melhor mãe se fosse só um, que isto de ser mãe de vários, neste caso três, é mais duro, é mais desafiante... E para já as guerras são só entre os dois rapazes, que a mana continua a princesa sorridente que ri às gargalhadas com as loucuras deles. Deus me dê muita paciência, que eles são crianças... Mas desconfio que vão ser duas longas semanas até ao início do ano lectivo... 

Comentários