28 de agosto de 2016

Coração de mãe ❤️

Fiquei com o coração apertado e lágrimas nos olhos quando ontem, já deitada na cama quase a dormir, me dei conta que faltam poucos dias para a Francisca ir para a creche. Foi um aperto tão grande. Estamos tão ligadas uma a outra, é uma bebé tão querida, tão risonha, tão fácil... Tem sido tão maravilhoso ser mãe dela, amamentá-la sempre que ela tem sede, fome ou sono... Gostava de ficar com a Francisca até ela completar um ano, mas tenho de voltar ao trabalho, já foi muito bom, mais do que bom, poder esticar a licença mais a licença sem vencimento até Setembro, somos umas sortudas e umas privilegiadas, e a Francisca vai ser muito bem cuidado na creche, com a educadora que era do mano mais velho e duas auxiliares que são um amor, e que já cuidaram dos manos. Podiam pensar que por ser a terceira há coisas que se tornam mais fáceis, mas não... E a separação do regresso ao trabalho custa sempre. Também sei que depois, à medida que os dias passam, encaramos bem a nova rotina e os fins de dia passam a ser mágicos. Mas só de pensar em deixá-la... A sorte é que vamos fazer uma adaptação muito suave, muito pouco tempo em cada dia para a minha princesa não estranhar tanto... Vou segredar-lhe muitas vezes ao ouvido que ela fica bem, que a mãe a mãe e que ela fica bem... E dar muitas graças por a deixar tão bem e por podermos ter estado praticamente 8 meses juntas, dia e noite... ❤️

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!