9 de julho de 2018

Quanto mais depressa, mais devagar...

Saí a correr de uma reunião no Chiado e vinha com a cabeça a fervilhar de novos e apertados dealines, vinha já em stress porque a reunião tinha demorado a manhã toda e eu cheia de trabalho para avançar, que em vez de apanhar o metro direto para casa, uma única linha, me enganei, só quando ouvi a palavra Martim Moniz me apercebi, estava na linha errada e tive de mudar duas vezes para chegar a casa... Foram 40 minutos perdidos neste disparate. Já diz o ditado: Quanto mais depressa, mais devagar... 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!