5 de julho de 2018

Coração de mãe e a praia campo

No ano passado o filho mais velho adorou a Praia / Campo da Junta de Freguesia e este ano voltei a inscrevê-lo, só que no ano passado iam os melhores amigos da escola e este ano na confusão das inscrições acabou ele sozinho no turno da Praia / Campo... Nem um amigo, nem um colega da escola... E ele que é super sociável, estava tristíssimo... E já se sabe que quando os nossos filhos estão tristes o nosso coração encolhe... Não queria ir, preferia ficar sozinho em casa... Explicámos que isso não era viável, nem divertido, e que era preciso dar oportunidade e tempo para conhecer novas pessoas, fazer novos amigos... É assim que as coisas funcionam e os melhores amigos dele de hoje em dia eram desconhecidos até ter entrado para o 1º ano, de uma escola nova, com 500 alunos... Ele lá foi. Ontem, ao fim da tarde,  quando o fui buscar ele sorriu e disse: já tenho um amigo novo. Apresentou-me.O dia foi fixe., mãe! E começou a contar tudo o que tinha acontecido, desde a praia, ao almoço, às atividades da tarde... E eu respirei fundo, estava tudo bem... E o meu filho não só fez um novo amigo e já gosta da praia / campo, como ultrapassou um obstáculo, superou-se, ganhou competências para lidar com o que é novo, com novas pessoas, novas rotinas. E isso são aprendizagens que se ganham para toda a vida, é bom sair da zona de conforto e enfrentar novos desafios. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!