5 de julho de 2017

Não sou de comentar ou tecer juízos de valor...

Mas quando olhei pela primeira vez para a fotografia de Ronaldo com os gémeos senti uma pena enorme destes bebés, tão pequeninos, e afastados da mãe mal nasceram. Só pensava que nem os gatos são desmamados tão pequenos. Só me ocorria a palavra coitadinhos... Porque eles nasceram de uma mãe, foram gerados 9 meses por uma mãe a quem conhecem a voz, o cheiro... 


Se calhar sou velha de pensamento, se calhar sou retrógrada, mas faz-me confusão esta forma de parentalidade... Não ponho em causa o amor do pai, não julgo esta opção, mas quando olhei para esta fotografia, que é suposto ser uma coisa boa, eu tive pena dos bebés, privados do colo da mãe... 

1 comentário:

  1. Já pensei como tu mas a idade fez me ver as coisas de outra forma. Acredito que se forem muito amados nunca sentirão a falta da mãe, afinal só se tem falta daquilo que se conheceu um dia e se perdeu. Quem nunca teve não sabe o que é e não lhe sente falta. Amor e carinho não faltarão a estes meninos, serão tão felizes como os outros, os que têm mãe! Bjs

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!