19 de julho de 2017

Consulta de ortopedia a dobrar!

O Afonso anda sempre a correr e mete os pés um bocadinho para dentro. Várias pessoas chamaram-me a atenção para isso. O Alexandre tem os joelhos um pouco salientes. Nunca liguei e achei que era por ser muito magro. Até porque ficou mais notório quando ele deu um pulo de crescimento neste inverno. Mas chamaram-me a atenção para isso. Nada como esclarecer todas as dúvidas. Marquei para um ortopedista pediátrico, o mesmo que tinha visto a anca Francisca depois de ela ter nascido pélvica, e de quem tinha gostado bastante. Vim de lá muito tranquila. Faz parte do desenvolvimento das crianças, faz parte do crescimento... Até aos 12 anos eles estão em formação. Pediu para serem vistos novamente daqui a 3 anos, salvo alguma situação de urgência antes. E para não nos preocuparmos. Antigamente, há muitos anos, a medicina ainda não tinha percebido esta evolução do crescimento e atormentavam as crianças com botas ortopédicas e operações, mas hoje em dia, segundo o médico, já se percebeu que os pés ligeiramente para dentro fazem parte da evolução do crescimento e da rotação da perna das crianças... Claro que depois há umas crianças que continuam a por os pés para dentro e têm de ser corrigidas, mas a grande maioria vai ao sítio... Nada como ouvirmos que está tudo bem com os nossos filhos!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!