8 de novembro de 2018

Quem acha que é fácil conciliar a vida profissional e pessoal... cá para mim não tem filhos!

Este artigo é interessante... "4,3% dos inquiridos consideram que as responsabilidades parentais não têm efeito na sua actividade profissional "... mas depois no mesmo inquérito dizem que não conseguem tirar o dia quando os miúdos estão doentes!

Eu sou independente, freelancer e por isso asseguro todas as pontas, tardes, doenças e atividades dos meus 3 filhos... Desligo o computador cedo para os ir buscar, levar, trazer e acompanhar... claro que depois, quando eles dormem, são muitas as noites em que tenho de acabar o que não fiz, são muitos os fins de semana que trabalho para acabar deadlines... Eu tenho esta gestão do meu tempo de trabalho na minha mão, mas quando preciso que seja o meu marido a assegurar, porque eu tenho alguma coisa de trabalho que é inadiável é sempre um desafio... porque não consegue sair a tempo, porque marcam reuniões para o final do dia, porque isto e aquilo... enfim. Claro que é difícil conciliar, claro que é preciso uma enorme gestão, organização semanal... claro que podia pagar os prolongamentos - na escola dos pequenos não dá, a IPSS fecha às 18h, mas andariam noutra qualquer até tarde... mas essa não foi a minha escolha, como posso gerir, fizemos esta opção... 

1 comentário:

  1. Claro que é difícil gerir, por isso fiz a minha opção de ficar em casa. No nosso caso eu não era freelancer nem independente, tinha que cumprir um horário rígido e quando eu não ia trabalhar era um drama para arranjar alguém para o meu lugar nesse dia, e com o meu marido impossivel contar também que as reuniões nunca acabam cedo. como não tenho com quem contar, avós, tios primos, ... foi a única saída que vi!

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!