27 de novembro de 2018

Ainda sobre a importância da brincadeira...

Este artigo. E é mesmo certo que é através da brincadeira que muitas vezes as crianças canalizam as emoções. O meu filho do meio é o que mais está a sofrer com a ausência do pai. E ontem, estava eu a fazer o jantar, quando ele começou a chorar à porta da cozinha a dizer que eu não brincava com ele... Logo ele, que adora brincar sozinho com os seus carros. Parei logo o que estava  a fazer, desliguei o lume e dei-lhe colo. Percebi que ele estava a precisar de mim. Perguntei ao que queria brincar. Quis brincar aos pais. ele era o pai e eu a mãe e o nenuco da irmã era o nosso filho. Brincámos uns minutos. Depois quis ser ele o bebé. Foi buscar uma fralda e pediu colo. Estava mesmo a precisar de mimo e atenção. Não forram precisos muitos minutos e ele ficou feliz e disse que eu podia ir fazer o jantar, foi comigo e ajudou-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!