24 de novembro de 2018

Da eterna conciliação do trabalho com a maternidade...


Hoje tinha de trabalhar porque perdi a segunda feira por causa da entrega e montagem dos roupeiros do Ikea e porque na próxima segunda lá terei de estar novamente para fazerem bem o que fizeram mal na segunda... Enfim. Tenho a sorte de poder gerir o meu dia, mas o meu trabalho não se faz sozinha... Tinha tudo organizado para não ter de trabalhar nos fins de semana deste mês que o meu marido está fora em trabalho, mas esta chatice e incompetência de quem veio montar os meus roupeiros trocou-me as voltas. Pedi à minha cunhada mais velha e minha salvadora de tantas horas que me ficasse hoje à tarde com os miúdos para eu me fechar na biblioteca a trabalhar. Eles ficaram danados comigo, choraram, queriam-me, que eu era péssima, a pior das mães, "trabalha no trabalho, hoje é fim de semana", dizia o Afonso, zangado entre lágrimas, quando me foi acordar às 8 a perguntar se já estava na hora do cinema... Expliquei que íamos domingo, e foi o drama! Queriam ir hoje ao cinema e não amanhã, como combinado... A manhã entre birras e Lidl passou, almoçámos e aqui estou eu... até às 19h a trabalhar, esperando conseguir acabar o meu trabalho e cumprir o deadline de segunda feira.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!