31 de agosto de 2018

Continuo em modo Isabel Allende

Ontem à noite comecei a ler o "Para lá do Inverno", também requisitado na biblioteca. E acredito que depois deste vou reler todos os livros dela, lidos no fim da adolescência. 


Eu que nunca gostei de reler livros, acredito que vou ler os livros da Isabel Allende de outra forma, com outra maturidade, outra idade... Era uma miúda quando os li e passaram talvez 20 anos e a densidade de escrita dela, a intensidade, a maternidade e tantas outras dimensões terão de ser lidas com outros olhos, os meus olhos de hoje em dia, mulher mais madura, com mais vida vivida, mãe... Tenho a certeza que vão ser leituras maravilhosas!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!