11 de setembro de 2018

Das atividades extra curiculares

Eu que sempre fui contra os excessos de atividades, que sempre fui contra chegar em cima da hora de jantar a casa, que sempre achei que os miúdos precisam de tempo para não fazer nada... De repente, ao planificar o calendário percebo que 3 dias por semana vamos chegar a casa perto das 20h! Até me deu uma coisinha má. Fiquei mesmo incomodada, mas sem saber bem como dar volta ao assunto. O filho mais velho pediu tanto para ir treinar futebol num clube com um grande amigo, nós aceitámos, e de repente vai dar para tardíssimo, duas tardes por semana... mais a tarde da natação... E eu acho que lhe vai faltar tempo para estar em casa, para os trabalhos de casa, para abrandar, para jantar com calma, para brincar com os irmãos, para tomar banho sem pressas... Já combinámos que vamos experimentar, ver como corre... Vou-me organizar com a mãe do amigo dele que também vai para eu levar e ela ir buscar, porque se tiver de arrastar os meus outros dois filhos, então ainda tudo fica mais complicado, principalmente nos meses de frio e de chuva de inverno... e ainda falta encaixar a bateria, que ele este ano pediu para trocar do piano, que aprende há quatros anos, para a bateria... Sempre apostámos em formação musical, mas neste momento acho que são coisas a mais... Vou respirar fundo, planificar, pensar, ver como tudo se encaixa...

1 comentário:

  1. O futebol é uma prisão. Para além dos treinos semanais que terminam tardíssimo, começam os torneios ao fim de semana às 8h.

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!