4 de abril de 2018

O meu nadador de 4 anos

O Afonso começou as aulas de natação, em Setembro, super entusiasmado. Ele adora água e queria imenso apreender a nadar, como o irmão. Para tornar tudo ainda mais aliciante ia ter a companhia de um grande amigo na mesma classe. Perfeito! O entusiasmo não podia ser maior! Mas, de há uns tempos para cá o meu filhote começou a não querer ir à natação... Queixa-se que a aula é sempre a mesma e que não é divertida; argumenta que está farto e que já sabe tudo o que a professora os manda repetir... e eu ouvi, registei, mas tentei não dar grande importância para ele não desistir. Afinal, aprende-se repetindo os movimentos... E, desistir da natação, estava fora de questão. Fiquei mais atenta às aulas. E reparei, com mais atenção, no professor que partilha a piscina com eles, na mesma hora, e que tem uma forma muito mais dinâmica e divertida de ensinar... Ontem, dia de natação, o meu filho não queria ir, choramingou e eu combinei que falava com a professora para lhe explicar o desânimo dele e para ver se, de alguma forma, ela podia ajudar... Quando lá chegámos, e como havia menos meninos, foi o professor "do lado" a dar a aula. E eu, assim por alto, lá disse que o meu filho estava desanimado com a natação, que se queixava que era sempre igual. Mas isto num tom meio de brincadeira. Ele fez-lhe logo cócegas. E lá foram para a aula. E haviam de ver a festa, o que ele adorou. Como nadou bem - já se aguenta bem debaixo de água -, e como se divertiu e apreendeu com muito mergulho, salto e chapão a ter água nos olhos e a respirar debaixo de água... no fim perguntei-lhe se a aula tinha sido gira e ele só me diz: adorei a natação! Eu não sabia que hoje ia ser tão boa por isso é que te disse que não queria vir...


Durante a aula, enquanto o observava, puxei conversa com uma mãe que lá estava e ela partilha da mesma opinião que eu... a professora deles é muito mais parada e "mole", e acrescentou que apanha várias vezes a filha a olhar para a outra classe, mesmo ao lado, entusiasmada com a brincadeira do professor... Cada professor tem o seu método de ensino, mas aos 4/5 anos a brincadeira e a boa disposição têm de estar presentes. É preciso arte para os ensinar pela repetição, mas sem os miúdos perderem o interesse... Ele ainda está na adaptação ao meio aquático e o fundamental é que ele continue a gostar de piscina e não perca o interesse para conseguir apreender a nadar, que é tão importante. Para a semana falo com a professora dele, esperando que ela consiga captar novamente o interesse do meu filho.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!